Translate

sábado, 5 de janeiro de 2013

COLOPROCTOLOGISTA: O que faz este especialista?


O que é coloproctologia?

A Coloproctologia é uma especialidade médica que estuda e trata as
doenças do intestino grosso (cólon), do reto e do ânus.
Etimologicamente temos: colo (intestino grosso), procto (reto, canal anal e ânus) e logia (ciência, estudo).
Anteriormente conhecida apenas como proctologia, a especialidade médica que nos poderia parecer recente, tem na realidade uma história documentada de mais de 5.000 anos, incluindo uma série de técnicas operatórias e vários instrumentos cirúrgicos.
Como observa-se, há uma série de distúrbios que frequentemente afetam estes órgãos, doenças benignas e malignas, que são tratadas por meio de terapia medicamentosa ou cirúrgica.
Em relação ao cólon e ao reto, são doenças comumente tratadas pelo coloproctologista: câncer de intestino grosso e reto (câncer colorretal), as doenças inflamatórias intestinais (retocolite ulcerativa, doença de Crohn, colites), infecções (parasitárias, bacterianas e virais), distúrbios funcionais (síndrome do intestino irritável), constipação intestinal, diarréias crônicas, entre outras.
O canal anal e o ânus são acometidos por doenças extremamente frequentes. As mais comuns são: hemorróidas, fissuras e abscessos anais, fístulas anorretais, incontinência anal, doenças venéreas ( HPV-condilomas e sífilis), prurido anal e doenças dermatológicas perianais. O câncer de canal anal felizmente, diferente do câncer colorretal, tem baixa incidência.
A formação do coloproctologista é cirúrgica, ou seja, somente após a sua formação em cirurgia geral, o médico está habilitado a continuar sua especialização na área de coloproctologia.
Fato que acontece amiúde e que eu acho relevante destacar, é a dúvida que muitas pessoas têm a cerca da área de atuação das especialidades de Coloproctologia e Urologia. É importante enfatizar que a Coloproctologia ou Proctologia NÃO CUIDA DOS PROBLEMAS DA PRÓSTATA. Embora haja alguma confusão quanto aos termos, cabe ao médico Urologista dedicar-se ao estudo dos problemas da próstata e seu tratamento.
Creio que a dúvida seja frequente pois as duas especialidades utilizam o exame de TOQUE RETAL para a investigação diagnóstica. Entretanto, o toque retal não é um exame aplicado exclusivamente para examinar a próstata. Este exame clínico também ajuda o Coloproctologista na avaliação das condições do reto e do ânus, bem como é um exame igualmente importante ao médico Urologista, sendo útil no diagnóstico do câncer de próstata entre outros problemas desta glândula.
Portanto, o toque retal é um importante exame para a avaliação tanto de problemas proctológicos quanto urológicos.   

QUANDO DEVO PROCURAR UM COLOPROCTOLOGISTA?

Os principais sintomas que sugerem doenças do cólon, reto e ânus,  são:
  • sangue nas fezes;
  • muco (catarro) nas fezes;
  • constipação intestinal (intestino preso);
  • diarréia crônica, por mais de 3 semanas;
  • urgência para evacuar;
  • dor ao evacuar;
  • incontinência fecal (perda involuntária de fezes);
  • dor abdominal recorrente;
  • distensão abdominal e gases em excesso;
  • nódulo ou verruga anal;
  • saída de secreção anal.


Se você apresenta algum desses sintomas ou possui uma história familiar de câncer colorretal, procure sempre um médico coloproctologista. 


 

Um comentário:

  1. Muito bom, várias informações que podem ser muito úteis para todos.

    ResponderExcluir

Esta matéria foi esclarecedora e informativa? Deixe sua opinião!